Criança Esperança - 2002

 

Faltando alguns dias para o inicio da campanha daquele ano de 2002, eu e Patrícia decidimos ir ao show do Criança Esperança no ginásio do Mineirinho em Belo Horizonte - MG. E pela primeira vez, o Criança Esperança aconteceria fora do eixo Rio-São Paulo.

Conseguimos comprar os ingressos através de uma colega de Patrícia que morava Em Belo Horizonte. E fomos pegar a estrada a noite de ônibus. Lembro que não dormi direito por causa da ansiedade para enfim conhecer diante dos meus olhos o Renato Aragão.

Chegamos pela manhã, nos hospedamos em um hotel no centro de Belo Horizonte e nem descansamos. Encontramos-nos com a pessoa que estava com os nossos ingressos e demos em troca de presente pela generosidade, uma cesta de doces caseiros da cidade de Patrícia.

Já com os ingressos nos preparamos para irmos... Chegando ao ponto de ônibus nos deparamos com um monte de gente esperando a mesma condução para irem ao show. Naquele tumulto as pessoas comentavam que na entrada do ginásio, os seguranças iriam tirar das pessoas, máquinas fotográficas e filmadoras para não registrarem o show. Resolvemos então voltar ao hotel e deixarmos a máquina fotográfica.

Enfim chegamos às proximidades do ginásio por volta do meio dia e como tinha gente formando enormes filas, esperando os portões serem abertos as 19h00min. A espera foi interminável... Assim que os portões se abriram, foi um corre-corre e nos demos conta que muita gente entrava com as suas máquinas para registrarem o show e eu lamentei muito por não ter levado a minha máquina com medo de perdê-la e principalmente registrar o momento que seria único para mim.

Ficamos na pista em frente ao palco e muita gente se espremendo para ficar em uma boa posição. Até a hora que iria começar foi uma eternidade... Começa o show...

O vídeo abaixo mostra exatamente... A partir da entrada dele e por exatos cinco minutos, eu não conseguia enxergar um dos meus ídolos que sonhei por toda a minha vida, ver ele diante de mim e eu não acreditava no que estava acontecendo, ficar ali tentando ver e só o ouvindo ele falar e não conseguindo com tanta gente pulando e é claro... Pessoas maiores que eu.

Mas eis que surge uma pequena brecha e consigo ver somente o rosto dele... E ali fiquei estático o admirando por segundos. Patrícia não notou, mas não contive a minha emoção contida e fazer a minha lagrima ficar despercebida quando olhei para o chão.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!