Cantor Sílvio César - 2002

 

Conheci o Cantor Sílvio César em um evento no Jardim São Benedito em Campos dos Goytacazes-RJ em Julho de 2002.
 
Eu casado com Patrícia, morávamos em cidades separadas... Andando na cidade dela, me deparei com uma faixa anunciando o evento no Jardim São Benedito e que um cantor Sílvio César iria cantar na manhã seguinte de domingo. E logo de cara me deparei que seria um dos principais personagens do primeiro filme do Renato Aragão (Na onda do iê, iê, iê de 1966).
 
Como eu ainda não tinha um computador e tão pouco conhecia a internet, fiquei curioso em saber de como ele estaria depois de tantos anos e também ouvir e conhecer as canções dele. Mas o principal de tudo, era conhecer uma pessoa que conheceu e esteve ao lado de dois grandes ídolos e que deixou registrado para sempre ao lado de Renato Aragão e Dedé Santana, o primeiro longa metragem dos eternos Didi e Dedé.
 
Chegando à casa da sogra, comentei com Patrícia, quem iria cantar no Jardim e combinamos de ir pela manhã de domingo curtirmos este evento e matar a minha curiosidade.
 
Chegamos ao Jardim, muita gente aguardava o show começar e era uma agradável manhã. Começa o show e entra aquele senhor de cabelos grisalhos cantando e eu comparando ele e o seu jeito, como se ele ainda fosse jovem na época do filme de 1966. Cantou musicas conhecidas e que eu não imaginava que seria ele o autor.
 
Terminado o show, eu e Patrícia fomos ao camarim dele que foi montado atrás do palco. Tinha fila e esperamos a nossa vez de entrar.
 
Entrando fomos recebidos com abraços e com a sua simpatia. Conversamos um pouco e falei com ele muito timidamente, que eu era fã dos Trapalhões e vim prestigiar o show dele porque eu queria conhecê-lo e por ter feito parte do primeiro filme do Renato Aragão. Ele virou e disse:
 
“Nossa!!! Mas isso tem tanto tempo... (risos). O filme naquela época levou muito tempo para ser concluído e foi muito cansativo. Mas foi muito bom e fez muito sucesso.”
 
Terminamos a conversa com uma foto e o seu autografo na revistinha que foi dado durante o show para os próximos eventos. E assim ficar registrado para sempre que enfim eu pude conversar com alguém que esteve tão próximo de dois Trapalhões.
Eu, Sílvio César e Patricia
 
Pagina do livrinho de eventos autografado pelo cantor Sílvio César
 
Capa do livrinho de eventos dado durante o show do cantor Sílvio César

 

Site Oficial


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!